quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

E nasce um chá!

Eis que começamos 2013. E para começar o ano, instruiremos vocês sobre as famosas contribuições para o vocábulos que permeiam a comunicação falada e escrita no Brasil. Muitos desconhecem, mas a origem de vários termos é ogra. Esqueçam os índios, ignorem os árabes, 90% das palavras que colorem nosso cotidiano surgiram de bocas ogras, e hoje, traremos novo exemplo disso para vocês.

Havia um Ogro que após vários anos de vida na Grá-Bretanha, mais especificamente na Inglaterra, resolveu residir um tiquim no Brasil, e para cá migrou. Chegando no Brasil, sendo um ogro de muitas posses, comprou uma fazenda e contratou alguns funcionários, entre eles a sua favorita, Camila, logo alcunhada de Milla.

Rapidamente nosso ogro britânico, Ogrojack, se adaptou ao costumes do país latino-americano, porém, sentia muita falta de seu tradicional chá das cinco, e decidiu cultivar algo em sua fazenda.

Dotado de alta cultura botânica, rapidamente ele conseguiu desenvolver algo para fazer seu chá e pode voltar a se regalar com sua bebida estimada. Batizou-a com um rebuscado nome inglês, porém, os funcionários de suas terras deram à erva o nome pelo qual ela é conhecida até hoje...acompanhem:

Sempre que ia tomar seu cházinho das 17, Ogrojack buscava por companhia, e sua favorita sempre era Milla. Ele lá de sua salinha, aconchegado e com biscoitinhos, chamava ternamente: Come on, Milla! Come on, Milla!

E assim surgiu a camomila.Qualquer outra história sobre a origem dessa erva não possui a menor credibilidade. Em caso de dúvidas sobre a origem das coisas, chá com a gente!


8 comentários:

  1. Interessante como usa as palavras, chega a ser original, é como se tivesse autocriado um mundo seu!

    ResponderExcluir
  2. Gostei dessa informação. Confesso que não sabi a origem do chá de camomila.

    ResponderExcluir
  3. Adoro, chá, Ogro. E adorei a explicação! Abraços

    ResponderExcluir
  4. Prezado Állef,
    Criei mesmo! Abraçogro

    ResponderExcluir
  5. Prezado Yuusuke,
    Aqui a gente decifra o que o tempo codificou.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  6. HAHAHA Poxa, Ogro! Muito interessante, cara.

    ResponderExcluir
  7. Prezado Lucas.
    Ogroland é mais superinteressante que a revista.
    Abraçogro

    ResponderExcluir

Seu comentário será respondido aqui mesmo no blog pelo nosso Serviço de Atendimento ao Comentador de Ogroland (SACO)

Quem sou eu

Minha foto
Leia o Blog www.ogroland.blogspot.com.