sexta-feira, 5 de outubro de 2012

A Videira Assassina!

Eis que havia um ogro muito idoso, que se dedicava à plantação de uvas. As uvas cultivadas em suas famosas videiras eram usadas para os mais conhecidos vinhos de Ogroland, apreciados também fora das fronteiras ogras. Eram os vinhos Uva isergostosoassimlálonge.

Nosso herói desta história, Mandriogro, já personagem de outras verídicas histórias de Ogroland (http://www.ogroland.blogspot.com.br/2012/01/uma-historia-de-uvas.html;http://www.ogroland.blogspot.com.br/2011/04/os-irmaos-agricultores.html) já no fim de sua jornada pela vida, possuía essa famosa plantação de uvas, dos mais diversos tipos e cores, observado que em terras brasileiras se plantando tudo dá.

Um dia, verificando as suas plantações, supervisionando a lá Donald Trump a colheita das geradoras de sua fortuna, nosso herói agrônomo notou uma uva de coloração jamais vista em suas coleções frutíferas. Ele já tinha visto uvas de um verde clarinho, outras de um verde mais vivo que a bochecha do Hulk, outras daquelas meio roxinhas, mas jamais tinha visto um fruto da coloração preta, mais preta que uma nádega do Pelé.

Empolgado pela descoberta, e já vislumbrando a criação de uma nova raça de uvas mutantes das quais ele seria o seu Professor Xavier, Mandriogro berrou empolgado:

- Vejam, Eu vi uva negra!!! Vi uva negra!!

E antes que outrem pudessem impedir, Mandriogro, já com os olhos turvos pela catarata, tascou o mãozão na tal uva negra, que na verdade era uma aranha de alto veneno, que lascou uma nada amistosa mordida, por cortesia da casa, na mão de nosso ogro agricultor.

Assim ganhou seu nome vulgar no Brasil a aranha do gênero Latrodectus, Viúva Negra.
E você que achava que tinha algo relativo à mudança de estado civil, hein, hein???

16 comentários:

  1. Ai! meu coração... rsrs esse trocadilho quase me matou rsrs mas foi muito boa a história que envolve até chegar na conclusão rsrs

    ResponderExcluir
  2. hehehe... historia maneira, deu um certo suspense até

    o trocadilho foi bom... "vi uva negra" kkkkkkkk...

    mandou bem

    ResponderExcluir
  3. Prezado Guilherme,
    Não foi um trocadilho, foi um relato histórico altamente investigado.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  4. Prezado Italo,
    A história foi puro suspense...pobre Mandriogro.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  5. Prezada Lu,
    Também achamos essa informação histórica extremamente relevante muito boa.
    Beijogro

    ResponderExcluir
  6. História bem legal. Curta e interessante =)

    ResponderExcluir
  7. Prezada MAriana,
    Agradecemos o retorno.
    Beijogro

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Prezado Francorebel,
    Não é um trocadilho, é um coincidência fonética.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  10. Olá, parabéns pelo blog!
    Boa a história.
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  11. Prezado Mogan,
    Agradecemos o retorno e vamos lá visitar.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  12. Kkkkkkkkkkk! Esse Mandriogro está cada vez mais popular. Eu acho que ele foi um dos pioneiros na colonização dos ogros aqui no Brasil.

    Um textículo para refletir:

    http://qualidadesdepreciativas.blogspot.com.br/2012/10/os-novos-pecados-do-seculo-xxi.html

    ResponderExcluir
  13. Prezado Murilo,
    Largou a pele de lobo??? Está de blog novo?
    Abraçogro

    ResponderExcluir

Seu comentário será respondido aqui mesmo no blog pelo nosso Serviço de Atendimento ao Comentador de Ogroland (SACO)

Quem sou eu

Minha foto
Leia o Blog www.ogroland.blogspot.com.