sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Estudos sobre a saudade.

Quase duas semanas sem postar neste espaço comunicativo de divulgação de Ogroland. A oposição descobriu, a imprensa badalou, queriam que fosse aberta uma CPO (Comissão para Punir Ogros), mas no final tudo deu certo, e após tomar uma colada ogra de nosso chefe, estamos de volta.

E posso confessar, desde que vocês não espalhem, que já estava até com saudade de amolar a paciência de vocês com textos de qualidade extremamente duvidosa. E por falar em saudade, este é o tema de nossas melancólicas linhas de hoje.

Vejamos, examinem comigo a questão. O ser humano gosta de rotular as coisas. Isso parece nos envolver em certa sensação de conforto perante aquilo que estamos vivendo, com aquilo que estamos convivendo, e outros verbos conjugados com final endo, como por exemplo, esta bobagem que vocês estão lendo.

E assim, nesta mania paranóica e irritante de limitar as coisas em caixinhas chamadas palavras, vamos tentando colocar nomes até em nossos sentimentos: amor, paixão, amizade, carinho, como se houvesse uma rígida fronteira entre eles. Não há. Nomear é só uma questão de semântica, nada mais.

Dentre essas sensações batizadas pelos homens, uma das mais belas, mais sinceras e mais intensas é a saudade. E essa tal de saudade, meus amigos e amigas, não gera margem de dúvida. Ou tem ou não tem. É a prova maior do sentimento nutrido por outrem. Quem gosta sente a falta, e sente com vontade.

E a saudade traz uma série de esquisitos efeitos em nosso comportamento. Quando ela vem mais forte, traz uma sensação de vazio, de falta de propósito, de que as coisas perderam o sabor. Uma melancolia incontida que a ausência traz.

Estudos teóricos efetuados na melhores faculdades de Ogroland, acusaram que saudade pode ser vinculada a uma pessoa, a uma situação, uma época, qualquer coisa que queremos de volta, até da sua escova de dente que sem querer caiu no lixo.

Podemos ter de alguém que se foi, e que não voltaremos a ver, e essa é mais doída. Então ela pode vir sorrateira com uma lembrança e provoca um sorriso, e não é incomum que o sorriso tenha o gosto do sal de uma ou duas lágrimas, porque sabemos que aquela pessoa não mais estará em nossos braços, não nos brindará mais com sua companhia.

É danada essa saudade! Ela pode nos atacar quando nos despedimos de alguém, e não sabemos quando veremos de novo. A convivência com alguém as vezes é tão harmônica que a separação causa uma dor quase física, e daí descamba pra saudade.

De qualquer forma é um sentimento até que gostoso, e para não dizer que está postagem não teve piadinha ogra, permito-me dizer que a saudade é um dos temperos da vida...sal dade..né, mermo???

Fechando lembramos a todos, o dia da saudade vem aí, 30 de janeiro. Prestem sua homenagem aqueles de quem você tem saudade. Não perca essa oportunidade.

28 comentários:

  1. é..saudade é algo forte, que bate sem pena no coração da gente.

    http://guilg7.blogspot.com/

    vlw...

    ResponderExcluir
  2. Prezado Luiz Guilherme,
    Saudade bate mais que o José Aldo.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  3. Pensei até mesmo ter errado de blog, ou será que o ogro dono esta meio doente..
    é o post mais serio que já lo aqui, mas certamente são lindas palavras, a essa saudade que nós invade e nós faz ver o quão humanos somos...
    beijokas
    http://wwwparedescolloridas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. "Sinto saudades do tempo que não existiu para nós.
    Saudades dos teus olhos que não me viram passar.
    Saudades do carinho que não veio de você.
    Do encontro que tivemos e não nos encontramos.
    Sinto saudades até das saudades que não sentimos.
    Da vida que não vivemos.
    Quero ser primavera.
    Depois morrer...
    Só o silêncio é sincero."
    (Poema de Augusto Junqueira)
    Sensacional Ogro!!! Parabéns pela excelente postagem!!! Caro Ogro, quanto tempo sem visitar vc hein??? E eu tinha que fazer essa visita justo hoje e ler esse post aí... confesso que fiquei sem palavras; tô sentindo essa saudade aí na veia e... ela é de doer. Um grande abraço para vc nobre Ogro.
    Clênia

    ResponderExcluir
  5. Prezada Fabby,
    O post teve algo de seriedade, porém, com trocadilho podre ao final.
    beijogro

    ResponderExcluir
  6. Prezada Angels Clênia,
    Que poema sensacional, né verdade?
    Que saudosa coincidência!
    Não ouse passar tanto tempo mais sem visitar Ogroland ou cancelaremos seu visto(mentiraaaaaaaaaaaaaaa)!
    Beijogro

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo texto! nem sabia que tinha o dia da saudade o.O

    ResponderExcluir
  8. Prezada Biaa,
    Pois é. Tem sim.
    Beijogro

    ResponderExcluir
  9. Dizem que a saudade é uma palavra que não existe em outros idiomas...mas que bom que existe em Ogroland !

    ResponderExcluir
  10. Prezado Victor,
    Nossos pesquisadores ao fazer o estudo sobre a saudade também se confrontaram com essa máxima, por você citada.
    Um abraçogro para sua nobre pessoa!

    ResponderExcluir
  11. Lendo seu post, me lembrei de uma música do Raulzito:
    "Hoje é o dia da saudade, é!
    Hoje é feriado é o dia da saudade (3x)
    Hoje eu vou beber para celebrar
    O aniversário de seu Gaspar
    Deve ter festa em algum lugar..."

    ResponderExcluir
  12. Prezada Bia!
    Gaspar? E Gasímpar?
    Beijogro

    ResponderExcluir
  13. A Saudade é um sentimento as vezes angustiante, mas diria que é até gostoso sentí-la, porque não há sensação mais gratificante que matar a saudade de alguém. Bom Post!

    abraço,
    www.todososouvidos.blogpot.com

    ResponderExcluir
  14. Prezado Ítalo,
    Concordamos plenamente com seu comentário. Matar saudade é um fenômeno sentimental que notamos ser de grande alegria. O ruim é quando passa a época de matar a saudade e chega a hora de dar tchau de novo.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  15. Saudade é indefinível. De vez em quando é uma saudade alegre. Outras vezes é triste, e dói bastante. Saudade é um dos sentimentos humanos mais nobres.

    ResponderExcluir
  16. no brasil tem o dia de tudo, deveria ter o dia da vergonha na cara para os politicos

    http://rocknrollpost.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Prezada Pamela,
    Nós concordamos com você. Concordamos sim.

    ResponderExcluir
  18. Prezado Guru Metaleiro,
    Como vai ter dia de uma coisa que não existe?
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  19. Muito bom,.. tinha tempo q nao passava aki!

    ResponderExcluir
  20. Prezado Preguiça Alheia,
    Tem mesmo. Estava com preguiça?
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  21. mano eu tava vendo os aniversariantes do orkut..dai clikei em vc e vim visitar hehe...seu blog e muito interessante , caro amigo ogro continue assim vc escreve bem prende a atenção da gente enfim parabens!
    se quiser uma parceria estamos abertos a negocios!

    www.cuchila.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Prezado Acorde,
    É nesta data o aniversário do ogro que gere este espaço.
    Trarei o link do seu blog.
    Abraçogro

    ResponderExcluir
  23. Gente! Os ogros tb amam! Bonito texto!

    ResponderExcluir
  24. Prezada Tata,
    Sim...mas não espalhe! Temos de manter nossa fama de ogros.
    Beijogro

    ResponderExcluir
  25. Caí de paraquedas nesse blog, mas me emocionei com o texto! 'Podemos ter de alguém que se foi, e que não voltaremos a ver, e essa é mais doída. Então ela pode vir sorrateira com uma lembrança e provoca um sorriso, e não é incomum que o sorriso tenha o gosto do sal de uma ou duas lágrimas, porque sabemos que aquela pessoa não mais estará em nossos braços, não nos brindará mais com sua companhia.' Ahh, quanta verdade!!
    Parabéns ao responsável por esse texto!

    ResponderExcluir
  26. Que coisa mais lindaaaa, pra estar num blogogro! hahaha Muito lindo mesmo,, trem! Me emocionei!! Que lindo, fofo e lindo!! uhsauhs Beijocas!

    ResponderExcluir
  27. Prezada Maah,
    Já que caiu ficamos satisfeitos que não haja fraturas ou contusões do tipo.
    O responsável pelo texto agradece de coração.
    beijogro

    ResponderExcluir
  28. Prezada Saida Luany,
    É realmente emocionante saber que nosso humilde e despretensioso texto trouxe um calor de emoção ao seu coração.
    volte sempre a este espaço ogro.
    Beijogro

    ResponderExcluir

Seu comentário será respondido aqui mesmo no blog pelo nosso Serviço de Atendimento ao Comentador de Ogroland (SACO)

Quem sou eu

Minha foto
Leia o Blog www.ogroland.blogspot.com.